sábado, dezembro 27, 2008

Pensamentos ociosos

- Como se rompe um bloqueio?

- Como se abrem os braços sem nos deixarmos violar?

- Como fechar o abraço sem sentirmos que é o último?

1 comentário:

SombrArredia disse...

"Até que ponto não nos é só possível amar só o que já perdemos?"

A.L.Antunes